segunda-feira, 14 de abril de 2014

Programação da Semana Santa


  14 DE ABRIL - Segunda-feira Santa

19h30 – Missa (Igreja da Ordem Terceira do Carmo).
Em seguida, Procissão do Depósito com a Imagem do Senhor dos Passos, acompanhada pela Ordem Terceira do Carmo e Irmandade de São Benedito. O Apostolado da Oração e a Ordem Franciscana Secular recebem a procissão na avenida Raul Pompéia, seguindo até a Igreja Matriz.
  15 DE ABRIL - Terça-feira Santa

19h30 – Procissão do Encontro
A imagem do Senhor dos Passos sairá da Igreja Matriz, conduzida pela Irmandade de São Benedito, Apostolado da Oração, Ordem Franciscana Secular e Catequese Paroquial. A imagem de Nossa Senhora das Dores sairá da Igreja da Ordem Terceira do Carmo conduzida pela OTC até o Largo da Matriz, onde será pronunciado o Sermão do Encontro. Logo após, as imagens seguem em procissão para a Igreja da OTC.

 16 DE ABRIL - Quarta-feira 

Santa 7h30 –  Celebração das Sete Dores de Maria (Igreja Matriz)
19h – Missa dos Santos Óleos – Igreja São José Operário (Village) - Missa por ser sinal de comunhão com toda a Diocese de Itaguaí.
Obs.: Não haverá Terço nem a Novena Perpétua.

 17 DE ABRIL - Quinta-feira Santa - 1º Dia do Tríduo Pascal
15h30 – Missa (Asilo São Vicente de Paulo)
19h30 – Missa da Ceia do Senhor (Igreja Matriz) - Lava-pés e, ao final, a trasladação do Santíssimo com adoração até as 22h.

- 18 DE ABRIL - Sexta-feira Santa - 2º Dia do Tríduo Pascal
8h – Adoração ao Santíssimo Sacramento (Igreja Matriz)
15h – Celebração da Paixão e Morte do Senhor (Igreja Matriz)
18h – Encenação da Paixão, com a juventude paroquial (Largo do Carmo).
Em seguida, Procissão do Senhor Morto percorrendo itinerário de costume, acompanhada por todo o povo em geral. Nos diversos passos haverá o canto da lamentação com a Verônica.

 19 DE ABRIL - Sábado Santo - 3º Dia do Tríduo Pascal
19h – Celebração da Vigília Pascal (Igreja Matriz)
Bênção do Fogo, do Círio Pascal, da Água e Batismo de catequisandos e crismandos.

 20 DE ABRIL - Domingo de Páscoa
5h – Amanhecer de Páscoa
(concentração na Igreja da OTC, saindo em procissão para a Igreja Matriz onde haverá Missa e café comunitário).
18h – Missa (Igreja Matriz)
20h – Missa (Igreja Matriz)

PROGRAMAÇÃO CULTURAL
 LOCAL: PRAÇA DA MATRIZ

 19 DE ABRIL - Sábado
21h30 - Espetáculo: ‘‘A Vida e Paixão de Cristo’’
 LOCAL: CAIS DE SANTA LUZIA

 20 DE ABRIL - Domingo
20h30 - Banda Petrus

 21 DE ABRIL -Segunda-feira
20h - Banda Nossa Senhora Aparecida


Procissão e Missa do Domingo de Ramos


Para dar início à Semana Santa, centenas de católicos participaram ontem(13) pela manhã da Procissão  de Ramos, que saiu da Igreja Profeta Elias, no Morro do Carmo até à Igreja Matriz, onde houve a missa.   Os ramos foram entregues e  benzidos em  frente à Igreja do Morro do Carmo, onde também foi servido um delicioso café comunitário com muita fartura. A rua ficou fechada com apoio dos serviços de  trânsito da prefeitura. A procissão  teve início às 8 da manhã e chegou à Igreja Matriz por volta das 9h.
A Missa do Domingo de Ramos, lembra a Chegada de Jesus à Jerusalém. A celebração foi presidida pelo pároco Frei Fernando e contou com a reflexão do frei Victor, que está de passagem por Angra. “ Em nossa caminhada durante a  procissão  começamos com Hosana- "Bendito o que vem em nome do Senhor"-Mt que  é a entrada de Jesus em Jerusalém”, explicou  frei Victor. “E ao chegarmos aqui na Matriz, dissemos “Cruxifica-o”,  lembrou o celebrante, que concluiu: para nós cristãos a  morte e ressurreição de Cristo é o fundamento de nossa fé”.
A programação da Semana Santa continua em nosso Blog. Participe!
Confira os melhores momentos com os fashes das fotógrafas da Pascom :Vânia e Dalizania 






















sexta-feira, 11 de abril de 2014

Procissão e Missa de Ramos

No domingo de Ramos, dia 13, as 8h, haverá a benção dos ramos e sairá a procissão da Igreja Senhora do Carmo e Profeta Elias no Morro do Carmo, seguindo pela Rua Aloísio Silva sentido a Rua Armando de Carvalho Jordão, Coronel Carvalho, Av. Raul Pompeia, Rua do Comércio, até a Igreja da Matriz. Será fechada a Rua Aloísio Silva em frente a Igreja (antigo Monte Carmelo), para o café comunitário, a partir das 6h da manhã, até a saída da Procissão. O acesso para os morros do Carmo e Caixa D'Água será pelas ruas das Palmeiras e Léo Correa da Silva (rua atrás do CEAV). As ruas por onde passará a procissão sofrerão interdições temporárias, para a passagem da procissão.
À tarde, também no domingo, dia 13, acontecerá a Procissão do Mastro de São Bendito, a partir das 16h. Os fieis sairão da Igreja Santa Luzia pela rua do Comércio, indo até a Igreja da Matriz e retornado na contramão até a igreja Santa Luzia. As ruas serão fechadas temporariamente até o término da procissão.



terça-feira, 8 de abril de 2014

Semana Santa em Angra

A programação religiosa da paróquia Nossa Senhora da Conceição, terá início no dia 11 de abril, com a via sacra paroquial. A Cultuar também preparou uma programação cultural.

As celebrações religiosas da paróquia serão realizadas de 11 a 20 de abril, com missas na igreja Matriz, procissões pelas ruas do Centro da cidade, culminando com o domingo de Páscoa, Domingo da Ressurreição.
Na segunda-feira, 21, feriado municipal de São Benedito e nacional de Tiradentes, a programação religiosa começa com missa pelos falecidos às 07h30 na Igreja Matriz e às 10h Missa festiva (campal). A tradicional procissão com a imagem de São Benedito será às 17h, saindo da Igreja Matriz.
 
Segue abaixo a programação:
11 DE ABRIL - Sexta-feira
7h30 – Missa (Igreja Matriz)
19h – Via Sacra Paroquial (Início na Igreja Matriz)
 12 DE ABRIL - Sábado
7h30 – Confissão Comunitária (Igreja Matriz)
19h30 – Missa (Igreja Matriz)

 13 DE ABRIL - Domingo de Ramos
8h – Bênção dos Ramos- Comunidade Morro do Carmo
Em seguida, Procissão até a Igreja Matriz e Missa.
18h – Missa (Igreja Matriz)
20h – Missa (Igreja Matriz)
Continuaremos com a programação em breve


segunda-feira, 7 de abril de 2014

Quaresma - Aprender com Jesus para viver como Jesus

A quaresma é um período catequético com a finalidade de nos fazer APRENDER COM JESUS PARA VIVER COMO JESUS.
Durante as cinco semanas da quaresma fomos catequizados(as) com textos bíblicos do AT e NT, sobretudo com textos dos Evangelhos que destacaram passagens da vida de Jesus.
No primeiro Domingo, Jesus venceu (RESISTIU) as tentações no deserto. As tentações estão caracterizadas nas categorias TER, SER E PODER. Se Jesus venceu (RESISTIU), nos ensina que também precisamos ser resistentes àquilo que não nos faz bem.
No segundo domingo, Jesus foi TRANSFIGURADO no topo da montanha. Transfiguração esta que revela a divindade de Jesus ao lado de Moises e Elias (a Lei e os Profetas – Jesus em plena comunhão com a historia do povo de Deus) e, em seguida, Jesus diz aos discípulos: “Levantai-vos e não tenhais medo” e desce da montanha para realizar sua missão.
No terceiro domingo, Jesus se apresenta como FONTE DE ÁGUA VIVA que sacia plenamente. Quanta sede tem o ser humano! A modernidade proclamou a “autonomia” do ser humano e, conseqüentemente, se desenvolveu o idealismo da sociedade sem Deus. No entanto, as pessoas continuam infelizes e muitas perderam o sentido da vida. As promessas da modernidade não saciaram os anseios da humanidade. Jesus é fonte que sacia e nos convida a beber desta fonte e nos pede que sejamos, também, fonte de água viva para nossos irmãos e irmãs. Fonte que gera fonte.  
No quarto domingo, Jesus realiza a CURA DO CEGO em dia de sábado. A ação de Jesus faz abrir o olhar das pessoas (este cego pode ser cada um/a de nós) e, em seguida, o olhar da sociedade, cujas estruturas também se tornaram segas, pois estão presas à sua manutenção (é sábado) enquanto que a VIDA, dom maior, fica esquecida.
No quinto domingo, Jesus realiza um dos seus grandes “sinais”. O evangelista João descreve sete sinas da vida de Jesus e um desses sinais é a RESSURREIÇAO DE LÁZARO. Jesus, antes, revela sua humanidade: chora a morte do amigo e fica comovido com a situação da família que sofre com a perda do irmão. Não nos fixemos apenas no fato, mas na mensagem que ele quer nos transmitir. Jesus diz em alta voz: “Lázaro, vem para fora!” Jesus chama Lázaro novamente à vida. Quem de nós não reagiria a tal expressão?  Lázaro reagiu. Deixou o lado da morte e retomou o caminho da vida. Portanto, Jesus quer que estejamos sempre atentos para não nos deixarmos cair no submundo da morte com nosso egoísmo, nosso rancor, nossa falta de sensibilidade e compreensão, etc. Ele nos convoca a assumir nossa missão cristã, seguindo seu caminho para que todos tenham vida em plenitude (Cf. Jo 10,10).
Analisando essa trajetória catequética da quaresma nos perguntemos: Aprendemos mesmo com Jesus? Estamos vivendo como ele viveu?
 
Boa reflexão, boa oração e boa semana a todos.
 
Fraterno abraço. Frei Fernando.    

domingo, 23 de março de 2014

Jesus, fonte de água viva - Terceiro Domingo da Quaresma


Hoje, Terceiro Domingo da Quaresma, segue nossa catequese dominical cujo objetivo é nos proporcionar CONHECER JESUS CRISTO PARA VIVER COMO JESUS CRISTO. Assim, catequizados(as) seguiremos em direção à Páscoa definitiva: A vida de Cristo presente em nós e entre nós.
 
Jesus faz uso de um dos elementos na natureza, dom do criador de tudo e todos: A ÁGUA. Assim com não há vida sem água, Jesus se apresenta como aquele que é água viva e sacia plenamente a sede. Notemos que Jesus não se refere apenas à sede de água, mas à sede que invade a humanidade, deixando-a sedenta de sentido para a vida, sedenta de valores que edificam e dignificam o ser humano. "Quem beber desta água, nunca mais terá sede".
 
Não esqueçamos também, que Jesus se apresenta como esta fonte de água viva e plena e convida a quem dela beber a ser também FONTE. "A água que eu lhe der se tornará fonte de água que jorra para a vida eterna”.
 
Corramos ao encontro de Cristo Jesus, nos saciemos Nele e com Ele. E, assim como a fonte que nasce, transborda e forma correntezas, sejamos FONTE DE ÁGUA VIVA PARA TODOS. 
 
Boa semana e que Deus lhes abençoe.
 
Fraterno abraço. Frei Fernando.


sexta-feira, 21 de março de 2014

Leitura bíblica com Frei Carlos

Dando continuidade, da série, “Um pé na bíblia outro no chão”, frei Carlos Mesters, frade carmelita da Ordem do Carmo, voltou à Angra para uma palestra explicando alguns fatos e acontecimentos da vida de Jesus, desta vez, baseado na narrativa do evangelista Mateus.
O encontro promovido pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição aconteceu na última semana, na Igreja Matriz e reuniu católicos de várias comunidades interessados em aprofundar sua fé, através da Palavra de Deus. Doutor em teologia, Frei Carlos aos 84 anos, com sua maneira simples de explicar o evangelho, é um grande incentivador da leitura bíblica, através dos círculos bíblicos.  Sempre que vem a Angra, frei Carlos anima os fiéis a continuar a caminhada com Jesus.
Fotos Dalizania (Pascom)










sábado, 15 de março de 2014

Espiritualidade Quaresmal


Eu, frei Reinaldo e demais padres e leigos, no dia 06 de março de 2014, tivemos no convento de Angra o nosso encontro mensal do Regional PAR – Paraty-Angra dos Reis. Partilhando conosco esteve o nosso bispo dom Ubiratan falando sobre ESPIRITUALIDADE QUARESMAL, que partilho convosco. Lembro que para a leitura do texto, o que estiver em itálico é acréscimo feito por mim.

Na quarta feira de cinzas tivemos a abertura da quaresma. Quaresma é um tempo importante para nos prepararmos para a páscoa através de um autêntico recolhimento por meio da prática do jejum, da oração e da penitência que nos levam à mudanças de rumo e, de maneira consciente e cristã, nos levam a tomar outro caminho, ou seja, o da conversão.

Este ano a campanha da fraternidade nos convida a refletir sobre o tráfico humano. Uma realidade que não podemos ignorar. Ter pacto com a campanha da fraternidade é denunciar esta injustiça que mata e destrói a família e a sociedade. Lembremos do tema: fraternidade e tráfico humano e o lema: é para a liberdade que Cristo nos libertou (cf. Gl 5, 1).  

A quaresma, nos disse dom Ubiratan, vai desde a quarta feira de cinzas até o fim da tarde da quinta feira da semana santa e é muito especial dentro do tempo litúrgico. Porque temos quarenta dias de celebração? Para fazer memória dos quarenta anos da travessia do povo de Deus no deserto e também dos quarenta dias de tentação de Jesus no deserto. O evangelho do primeiro domingo da quaresma Mt 4, 1–11 narra que o demônio tenta Jesus usando a Sagrada Escritura. A tentação vem com a máscara do bem, pois quando o mal é apresentado com sua verdadeira face a gente se prepara. O maligno vem revestido do bem. Ataca na hora oportuna. Por três vezes o demônio tenta Jesus. Primeira tentação: “Se és filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães”. Segunda tentação: “Se és filho de Deus, joga-te daqui abaixo! Pois está escrito: Ele dará ordens a seus anjos a teu respeito, e eles te carregarão nas mãos, para que não tropeces em alguma  pedra”. Terceira tentação: eu te darei tudo isso, se caíres de joelhos para me adorar”.

No deserto Jesus depara com o Espírito do bem e do mal. É preciso sabedoria para passar do mal para o bem, das trevas para a luz, da morte para a vida. A primeira  pregação de Jesus foi à chamada para a conversão, esta é a primeira porta para encontrar-se com Ele. Quantas coisas na quaresma que precisamos nos converter? O papa Francisco lembrava que muita gente precisa fazer o jejum da língua. Morder a língua quando estiver com vontade de falar dos outros. A carta de são Tiago nos lembra: “Vede também os navios: por grandes que sejam e embora agitados por ventos impetuosos, são governados por um pequeno leme à vontade do piloto. Assim também a língua é um pequeno membro, mas pode gloriar-se de grandes coisas. Considerai como uma pequena chama pode incendiar uma grande floresta! Também a língua é um fogo, um mundo de iniquidade. A língua está entre os nossos membros e contamina todo o corpo; e sendo inflamado pelo inferno, incendeia o curso da nossa vida. A língua, porém, nenhum homem a pode domar. É um mal irrequieto, cheia de veneno mortífero. ” (cf Tg 3, 4 – 6 . 8) .

A quaresma é um retiro coletivo e individual, é um tempo de deslanchar o que em nós está parado. No que preciso me libertar para ser um homem novo? Lembremos que esse período é de morte. Sim, morte para o pecado para ressuscitar com Jesus através da água do batismo. Vivamos, pois este tempo de graça e conversão para adorar somente a Deus em Espírito e verdade.

 
Colaboração, Frei Reinaldo.

quarta-feira, 12 de março de 2014

Via-Sacra Quaresmal na Matriz

  
Durante a Quaresma, a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, através do Apostolado da Oração  vai meditar as estações da Via-Sacra, com o tema relacionado a Campanha da Fraternidade deste ano, “Fraternidade e Tráfico Humano”. Você está convidado a participar deste importante momento da nossa Igreja para  refletirmos sobre a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. O  encontro acontece todas as sextas-feiras, às 16h, na Igreja Matriz.  A Via-Sacra é uma forma de  aprofundamento de nossa fé através da meditação sobre a caminhada de Jesus. Esperamos por você!

Texto e fotos: Dalizânia Melo - Pascom.